sexta-feira, 27 de novembro de 2009

VASSOURAS DE GARRAFAS PET - Aprenda como fazer Passo a Passo

Aproximadamente em 1988 a garrafa descartável feita com polietileno tereftalato – ou PET, como conhecemos – surgiu como opção leve e barata para substituição das pesadas e de alta manutenção, garrafas de vidro. Infelizmente, não foi lançada em conjunto com as embalagens uma solução para o recolhimento e reutilização das mesmas, muito menos reciclagem.

O Brasil produz anualmente cerca de 3 bilhões de garrafas PET, um produto 100% reciclável, mas o volume de reciclagem atualmente beira os 50%. Isso significa na prática que pelo menos 1 bilhão e meio de plástico não-biodegradável é descartado no meio ambiente por ano, o que significa algumas centenas de anos para absorção na natureza.

Ideias simples podem ajudar o meio ambiente como mostrado neste video. Aprenda como fabricar vassouras partir de garrafas PET...

O PLANETA LHE AGRADEÇE!!!

PENSE NISSO!!!



video

Comente esta POSTAGEM!!!

Abraços!

Márcio Dias

ADM BLOG

sábado, 14 de novembro de 2009

ISO 14001 NAS EMPRESAS - SGA

Olá Pessoal Segue um material muito bom sobre Sistemas de Gestão Ambiental

Espero que complemente o conhecimento de vocês, no final tem um link bacana de uma entrevista com uma consultora do SEBRAE... Confiram!!!


OBS:Para comentar sobre o tema basta selecionar a opção anônimo e escrever o seu comentário, apos confirme e tudo pronto!!!!



A ISO 14000 – Sistema de Gestão Ambiental – Especificações com Guia para uso, estabelece requisitos para as empresas gerenciarem seus produtos e processos para que eles não agridam o meio ambiente, que a comunidade não sofra com os resíduos gerados e que a sociedade seja beneficiada num aspecto amplo.
Então, para a empresa obter um certificado ISO 14000, ou melhor, certificado ISO 14001, é necessário
que atenda as seguintes exigências:

1 – Política ambiental
A direção da empresa deve elaborar uma Política Ambiental que represente seus produtos e serviços, que seja divulgada entre os funcionários e a comunidade. E que a direção demonstre que está comprometida com o cumprimento dessa política.
Deve obter o cumprimento legal e buscar o melhoramento contínuo do desempenho ambiental da
empresa.

2 – Aspectos ambientais
A organização precisa ter procedimentos que permitam identificar, conhecer, administrar e controlar os
resíduos que ela gera durante o processamento e uso do produto: Emissões Atmosféricas, Efluentes
Líquidos e Resíduos Sólidos.


3 – Exigências legais
A empresa deve desenvolver uma sistemática para obter e ter acesso a todas as exigências legais
pertinentes a sua atividade. Essas exigências devem ficar claras à direção da empresa.
Os funcionários devem conhecer quais são essas exigências e quais as documentações necessárias para seu cumprimento.

4 – Objetivos e metas
A empresa deve criar objetivos e metas que estejam alinhados com o cumprimento da política ambiental que foi definida.
Esses objetivos e metas devem refletir os aspectos ambientais, os resíduos gerados e seus impactos no meio ambiente. Também deve considerar exigências legais e outros aspectos inerentes ao próprio negócio.

5 – Programa de gestão ambiental
A organização deve ter um programa estruturado com responsáveis pela coordenação e implementação de ações que cumpram o que foi estabelecido na política ambiental e as exigências legais, que atinjam os objetivos e metas e que contemplem o desenvolvimento de novos produtos e novos processos.
Este programa deve, inclusive, prever ações contingenciais, associadas aos riscos envolvidos e aos
respectivos planos emergênciais.

6 – Estrutura organizacional e responsabilidade
O Programa de Gestão Ambiental deve integrar as funções dos funcionários da empresa, através da
descrição de cargos e funções relativas à questão ambiental.
A empresa deve possuir um organograma que demonstre que suas inter -relações estão bem definidas e comunicadas em toda a empresa.
A direção da empresa deve definir um ou mais profissionais para que seja o representante dos assuntos específicos da Gestão Ambiental.

7 – Conscientização e treinamento
O programa de Gestão Ambiental deve prover treinamento aos funcionários com atribuições na área
ambiental, para que estejam conscientes da importância do cumprimento da política e objetivos do Maio Ambiente, das exigências legais e de outras definidas pela empresa.
O treinamento também deve levar em consideração todos os impactos ambientais reais ou potenciais
associados as suas atividades de trabalho.

8 – Comunicação
A empresa deve possuir uma sistemática para enviar e receber comunicados relativos às questões
ambientais para seus funcionários e a comunidade.

9 – Documentação do Sistema de Gestão Ambiental
A empresa precisa ter um Manual dos Sistema de Gerenciamento Ambiental que contenha as exigências ambientais da empresa.

10 – Controle de documentos
A empresa deve manter um sistema bem parecido com o controle de documentos da ISO 9000, ou seja, procedimentos para que todos os documentos sejam controlados e assinados pelos responsáveis, com acesso fácil aos interessados, para manter atualizados, identificados, legíveis e armazenados adequadamente. Os documentos obsoletos também devem ser retirados do local para evitar uso indevido.

11 – Controle operacional
A organização precisa ter procedimentos para fazer inspeções e o controle dos aspectos ambientais,
inclusive procedimentos para a manutenção e calibração dos equipamentos que fazem esses controles.

12 – Situações de emergência
A empresa deve possuir procedimentos para prevenir, investigar e responder a situações de emergência.
Também deve ter planos e funcionários treinados para atuar em situações de emergência.

13 – Monitoramento e avaliação
A organização deve ter um programa para medir o desempenho ambiental através da inspeção das
características de controle ambiental e calibração dos instrumentos de medição para que atendam aos
objetivos e metas estabelecidos.

14 – Não conformidade, ações corretivas e ações preventivas
A empresa deve definir responsáveis com autoridade para investigar as causas das não-conformidades
ambientais e tomar as devidas ações corretivas e preventivas.

15 – Registros
A organização precisa arquivar todos os resultados de auditorias, análises críticas relativas as questões ambientais. O objetivo de ter esses registros é mostrar e provar, a quem quer que seja, que a empresa possui um Sistema conforme o que é exigido pela norma.

16 – Auditoria do Sistema da Gestão Ambiental
A organização precisa ter um programa de auditoria ambiental periódica e os resultados das auditorias
devem ser documentados e apresentados à alta administração da empresa.

17 – Análise crítica do Sistema de Gestão Ambiental (SGA)
Baseado nos resultados da auditoria do SGA, a organização deve fazer uma análise crítica do Sistema de Gestão Ambiental e as devidas alterações, para que atenda as exigências do mercado, clientes,
fornecedores e aspectos legais, na busca da melhoria contínua.

Fontes: http://www.sfiec.org.br/ e ABNT





Segue o link, vale a pena conferir!!!

http://www.youtube.com/watch?v=DbgJRei67E4



Abraços!!

Aguardo o seu comentário...

Márcio Dias
Administrador...